Se alguém te perguntasse hoje se veículos usados vendem mais do que os novos, o que você diria? Pois é, muitas pessoas não pensam sobre isso, mas o mercado de veículos seminovos e usados no Brasil é bem maior que o de automóveis 0km, visto que tanto a demanda quanto a oferta são bem maiores.

Com os valores praticados atualmente, a grande maioria dos brasileiros não tem condições financeiras de adquirir um veículo novo — sem contar todos os custos inerentes a ele, como o emplacamento, documentação e tudo mais —, o que os faz procurar por opções mais baratas no mercado dos usados. Além disso, muitos ainda preferem um seminovo completo do que um 0km básico.

Por conta disso, se você pretende vender seu veículo usado, não se preocupe que comprador é o que não falta, especialmente para alguns modelos em específico, que têm sempre uma grande procura. Entre estes, normalmente estão os carros de entrada, ainda que hoje em dia já exista um grande mercado para SUVs, sedãs e esportivos importados que já tenham alguns dígitos no hodômetro.

Com tudo isso em mente, acompanhe nos próximos parágrafos como estão os números de vendas de veículos usados e novos no Brasil nos últimos anos para, quem sabe, perceber que vender seu usado pode ser sim um grande negócio.

A escolha entre um novo e um usado

Como dito acima, muitas pessoas se encontram com essa dúvida neste exato momento. Com todo o dinheiro acumulado, ou com a possibilidade de um financiamento, o melhor é procurar por opções de veículos novos ou usados? Ambas as opções tem seus prós e contras e, portanto, não há uma regra para este tipo de situação, cabendo ao comprador avaliar o que mais cabe em seu orçamento e estilo de vida.

Quando o assunto é preço, é claro que os valores encontrados no mercado de seminovos são inferiores, mesmo em situações em que os modelos são extremamente semelhantes. O que ocorre é que a partir do momento em que o veículo é retirado da concessionária ele já é desvalorizado, o tornando um veículo seminovo de cara.

Para se ter uma ideia, a Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores) classifica os carros de acordo com os anos de utilização dos mesmos, sendo veículos com 0 a 3 anos em movimento seminovos, entre 4 e 8 anos usados jovens, entre 9 e 12 usados, e acima disso sendo já considerados veículos antigos.

Com isso na cabeça, algumas pessoas optam por modelos com mais quilometragem, mas que ainda assim estejam bem conservados, para entrar em suas garagens. Isso se dá principalmente por conta da maior oferta de motores mais potentes, maior espaço interno, variedade de opcionais e, por que não, o status também.

Venda de veículos usados no Brasil

De acordo com levantamento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, no ano de 2019 foram comercializados cerca de 3 milhões e 740 mil veículos usados no Brasil entre janeiro e maio. Esse número apresenta um crescimento de 1,05% frente os 3 milhões e 700 mil automóveis vendidos no mesmo período de 2018.

Dentre esses carros, a Volkswagen representa uma fatia de 20,43% do mercado, seguida de perto pela General Motors com uma participação de 20,12%. O TOP 5 se completa com a Fiat com 18,61% do mercado, a Ford com 10,38% e a Renault com 5,54%. Todas as outras marcas, juntas, alcançam uma fatia de 24,92% de todo o mercado de veículos usados no país.

Quando se fala de modelos, o Volkswagen Gol continua sendo o queridinho pelos consumidores brasileiros, com quase 77.000 exemplares vendidos nos cinco primeiros meses de 2019. O segundo colocado, o Fiat Palio, alcançou apenas 49.000 comercializações, seguido de perto pelo parceiro de marca Fiat Uno, com 48.000. Chevrolet Celta e Volkswagen Fox fecham o pódio, com 28.000 e 24.000 exemplares vendidos, respectivamente.

Venda de veículos novos no Brasil

Ainda seguindo o levantamento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, os veículos novos venderam muito menos que os seminovos e usados no mesmo período de tempo. Para se ter uma ideia, nos cinco primeiros meses de 2019 foram emplacados aproximadamente 880 mil veículos em todo o país, o que ainda representa um crescimento de mais de 10% frente os 790 mil do mesmo período do ano de 2018.

O interessante de analisar esses dados é que é possível perceber uma grande diferença quanto às marcas e modelos que encabeçam a lista de vendas, o que ocorreu principalmente nos últimos três anos. Em primeiro lugar entre as marcas mais vendidas nas concessionárias está a General Motors, com 18,55% de todo o mercado, com a Volkswagen em segundo com 16,51% de participação. Renault, Hyundai e Ford fecham o ranking, com fatias de 9,61%, 9,52% e 8,54%, respectivamente.

Quando falamos de modelos, a diferença é ainda maior, já que apenas um dos cinco usados mais vendidos aparece em ambas as listas. O Chevrolet Onix conseguiu conquistar mais de 22 mil compradores entre janeiro e maio de 2019, mais que o dobro de seu principal concorrente, o Hyundai HB20, com 10 mil emplacamentos. Ford Ka, com 9,4 mil unidades, Renault Kwid com 8,6 mil e Volkswagen Gol, com 8,3 mil fecham o ranking.

Como aproveitar o mercado de usados no Brasil

Já foi falado aqui no blog da Carprix sobre a tabela FIPE — em Você sabia que a tabela de preços de carros usados se baseia em dados do passado?  — e sobre como vender seu carro usado — em Tudo que você precisa saber sobre como vender um carro  —, então você já deve estar sabendo tudo sobre o mercado de seminovos em território brasileiro.

Ainda assim, é importante ressaltar que, como mostram os dados acima, esse é um ótimo momento para aproveitar e vender seu veículo usado, visto que há um grande mercado para esse tipo de produto. As pessoas estão procurando por boas ofertas e, se você estiver disposto a negociar, pode encontrar ótimas propostas por aí.

Pensando nisso, é interessante sempre se manter informado sobre este nicho e todas suas características, o que garantirá que você esteja sempre antenado a tudo o que ocorre e saiba diferenciar um bom negócio de um nem tão favorável. Lembre-se que boas oportunidades sempre aparecem, e cabe a você estar preparado para quando isso ocorrer.

Vendendo Veículos Usados

Como qualquer outro mercado, o de veículos usados é extremamente competitivo, já que são várias as pessoas tentando encontrar uma boa negociação. Sendo assim, é sempre interessante que você se mantenha informado sobre todos seus aspectos e, para isso, nada melhor do que continuar a acompanhar o blog da Carprix.

Além disso, a avaliação é uma das partes mais importantes de todo esse processo, e fazer tudo isso sozinho pode ser extremamente trabalhoso e, ainda por cima, pode apresentar um resultado errado ou que não te agrade tanto. Para evitar qualquer problema como esse, o ideal é utilizar de uma plataforma com experiência no assunto e que te apresente os valores mais próximos à realidade.

Com tudo isso, se você tem interesse pelo mercado de veículos usados ou na venda de automóveis, a melhor dica nesse caso é continuar a acompanhar o blog, baixar o aplicativo da Carprix em seu celular.


Conta pra gente o que você achou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *